Comunicados de Imprensa

20-12-2016 10:08

Universidade Europeia acolhe caloiros em modo “olímpico” e apoia atletas portugueses paraolímpicos


Lisboa, 3 de setembro de 2016 - A Universidade Europeia, instituição que integra a rede Laureate International Universities – o maior grupo de ensino superior no mundo, também detentor, em Portugal, do IADE, do IPAM Lisboa e do IPAM Porto – vai receber os seus caloiros no dia 15 de setembro, em modo “olímpico”.

 

Vai ser um dia inteiramente dedicado ao acolhimento e à integração dos novos estudantes das três instituições, com um intenso e divertido programa alternativo à praxe tradicional. Estão previstas diversas provas e atividades, enaltecendo a vertente da responsabilidade social e ambiental, num dia que marca o início da longa “maratona” académica e de superação que está prestes a começar.

No ano em que Portugal se sagrou campeão europeu de futebol, de hóquei em patins e de judo, tendo ainda ganho três medalhas de ouro em Atletismo, a Universidade Europeia decidiu que a superação e as conquistas do país eram o mote perfeito para o arranque do ano letivo 2016-2017.

O Welcome Day Olympics realiza-se no Campus da Quinta do Bom Nome, em Carnide, e quer demonstrar aos novos estudantes que ingressam, pela primeira vez, na instituição e no ensino superior do que serão capazes de fazer nesta etapa que agora se inicia, podendo também eles sagrarem-se “atletas” de “alta-competição académica”.

A responsabilidade social e ambiental é um dos principais vetores do modelo académico diferenciador da Universidade Europeia e, por isso, é também uma das principais mensagens a ser transmitida desde o primeiro dia. As iniciativas vão juntar todos os caloiros numa onda de solidariedade e de apoio à equipa Paralímpica portuguesa, atualmente em competição no Rio de Janeiro.

Durante o dia, os caloiros vão criar uma mensagem de apoio à equipa Paralímpica Portuguesa, através da criação de um vídeo, onde vão dar vida a um alfabeto estampado em t-shirts e desafiar os seus amigos, nas redes sociais, a fazer o mesmo, criando uma gigantesca onda de apoio nacional ao desporto paralímpico.

Na prova “blind run”, os novos alunos vão competir na ausência do sentido da visão, numa prova de obstáculos, em que uma das etapas será feita também de cadeira de rodas. No final da competição, a Universidade Europeia fará uma doação pecuniária no valor de 1.000 euros à Federação Portuguesa de Desporto para pessoas com Deficiência.

À semelhança do que aconteceu na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, na qual foi anunciada a plantação de uma árvore por cada atleta em competição, a Universidade Europeia vai oferecer a cada equipa uma árvore que será plantada no próprio Campus da Universidade, pelos alunos. Desta forma, pretende-se sensibilizar os estudantes para a necessidade de reflorestação do nosso país, assolado por incêndios florestais, e do planeta. As árvores transformar-se-ão, posteriormente, num marco do percurso académico destes alunos e permanecerão como símbolo de vida e de resiliência.


AGENDA

Conheça os próximos eventos da Universidade Europeia.

VER AGENDA

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Facebook Feed